ATIVIDADE 1 – POLÍTICAS E O PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA – 52 _2024

É o que você procurava?

Fale conosco para obter o trabalho completo, clique no botão ao lado

Excerto1: A maioria dos autores que defendem a integração defende também a ideia de se propiciar um atendimento diferenciado – em nível pessoal, didático ou metodológico – às crianças de Educação Especial. No entanto, quando se cria tais serviços, organizando recursos pedagógicos e didáticos especializados, a escola regular está sendo contraditória em relação aos seus princípios, pois já está tratando de forma diferente aqueles que ela recebeu como iguais. Percebemos, desse modo, que existe uma ambiguidade provocada pelo desejo de integrar quem é diferente e a noção de necessidades específicas.

BORGES, M. C.; ORNELLAS, H.; PEREIRA, S.; AQUINO, O. F. Inclusão versus integração: a problemática das políticas e da formação docente. Revista Iberoamericana de Educación / Revista Ibero-americana de Educação ISSN: 1681-5653 n.º 59/3 – 15/07/12

Excerto 2:

Para Mantoan (2009, p.6), é importante que, ao nos depararmos com os conceitos de integração e de inclusão, saibamos distingui-los. Os vocábulos – integração e inclusão – conquanto possam ter significados semelhantes, são empregados para expressar situações de inserção diferentes e se fundamentam em posicionamentos teórico-metodológicos divergentes […]. Na integração escolar, o aluno tem acesso às escolas por meio de um leque de possibilidades educacionais, que vai da inserção às salas de aula do ensino regular ao ensino em escolas especiais […]. As escolas inclusivas propõem um modo de organização do sistema educacional que considera as necessidades de todos os alunos e que é estruturado em função dessas necessidades. A inclusão implica uma mudança de perspectiva educacional, pois não se limita aos alunos com deficiência e aos que apresentam dificuldades de aprender, mas a todos os demais, para que obtenham sucesso na corrente educativa geral […]. Na perspectiva inclusiva, as escolas atendem às diferenças, sem discriminar, sem trabalhar à parte com alguns alunos, sem estabelecer regras específicas para planejar, para aprender, para avaliar. (Mantoan, 2009, p. 6-7)

MANTOAN, M. T. E. (2009). O Direito à Diferença, na Igualdade de Direitos. Bengala Legal, 1-14. Recuperado de https://www.bengalalegal.com

Com base nos excertos acima, a respeito de integração e inclusão, e nas concepções abordadas na Unidade I do livro didático, reflita e apresente em forma de texto, justificando a sua resposta.

  • Duas diferenças entre integração e inclusão escolar, que você considera importante

ATIVIDADE 1 – POLÍTICAS E O PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA – 52 _2024

É o que você procurava?

Fale conosco para obter o trabalho completo, clique no botão ao lado

Deixe um comentário